Fabio Fernandes (Pio) pede discussão com a comunidade sobre melhor utilização da Rodoviária de Cambé

O vereador Fábio Fernandes sugere que seja aberta discussão com a comunidade para definir um melhor aproveitamento do prédio da atual Rodoviária (Terminal Gregório Wladeck). O espaço está subutilizado e tem problemas de manutenção.

Foto 125080GeralRodoviária

O vereador Fábio Fernandes (Pio) solicitou à Prefeitura de Cambé a abertura de um processo de discussão com a comunidade sobre a situação e utilização do Terminal Rodoviário Gregório Wladeck, conhecido como a Rodoviária de Cambé. “Estive no local e constatei que a nossa Rodoviária está subutilizada. Segundo informações que me foram passadas, apenas oito ônibus fazem embarque e desembarque na Rodoviária diariamente, entre 7h00 e 23h00”, diz Pio. Segundo o vereador, há dois anos este número era o dobro. Outro número interessante é o de passageiros que compram passagens rodoviárias em Cambé mas embarcam na Rodoviária de Londrina. “Fui informado que 80% das pessoas que compram passagens em Cambé, embarcam em Londrina. Para mim, estes números comprovam que a Rodoviária de Cambé está subutilizada, sem contar que, dos sete guichês  construídos originalmente, apenas um está sendo utilizado, e seis estão fechados há anos”.  Para o parlamentar esta baixa utilização da rodoviária pode estar ligada à problemas de conservação e de segurança do local. “Em dezembro de 2016 foi retirado funcionário terceirizado que fazia a manutenção do local e até agora a Prefeitura não colocou nenhum substituto”, pontua Fábio, que completa: “Verifiquei que a Rodoviária ainda tem problemas de manutenção mas que também está sendo utilizada como dormitório por moradores de rua, o que pode estar impedindo sua maior utilização pela comunidade”.

O que fazer lá? – Fábio Fernandes também sugere que a Prefeitura (responsável pela conservação e operacionalização da rodoviária) abra uma discussão com a comunidade sobre um melhor aproveitamento daquele espaço, sem perder a função original de ser um local de embarque e desembarque de passeiros. “Tenho recebido indicações de pessoas da comunidade de formas de melhor aproveitar o espaço da Rodoviária”, diz Fábio, exemplificando: “podemos, sem prejuízo do movimento de passageiros, criar espaços dentro da Rodoviária para realocar departamentos e serviços da própria Prefeitura, o que acatarretaria na diminuição de aluguéis pagos pela municipalidade”. Outra sugestão elencada pelo vereador é a criação de um mercado municipal, com espaços para a venda de produtos de pequenos proprietários rurais e de micro empresas familiares, o que pode gerar emprego e renda para muita famílias. Também há quem aponte a possibilidade de utilizar o espaço da rodoviária para abrigar feiras e eventos gastronômicos, como é o caso da Feira da Lua e de feiras de food truck. “A minha preocupação é que a Rodoviária é um grande espaço, que tem um custo alto de manutenção e que precisa ser melhor aproveitado, sobretudo em benefício da comunidade”, finaliza Fernandes.

Matéria publicada originalmente na edição impressa no. 125 do Cambé de Fato, de 08 de maio de 2018. 

Abaixo, na foto maior, a plataforma de embarque, quase sempre vazia (apenas oito ônibus encostam nas plataformas por dia). Nas fotos centrais, o amplo salão da Rodoviária, que fica vazio e sem uso na maior parte do dia. Na outra foto central, é possível ver os vidros quebrados da rampa de acesso para pessoas com necessidades especiais. No pé da página, moradores de rua fazem da laje que cobre o setor de guichês um dormitório improvisado. A falta de segurança contribui para isso. O setor de guichês (na última foto) também é um retrato da falta de uso: dos sete espaços, seis estão fechados e sem uso há muitos anos. Juntos, estes guichês poderiam, sem muito custo, abrigar um departamento da Prefeitura e ainda economizar um aluguel para a municipalidade. Esta é uma das sugestões que o vereador Fábio Fernandes recebeu da comunidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s