Ministério da Educação é palco de disputas entre grupos divergentes; coronel da Aeronáutica é demitido depois da saída de seguidores de Olavo de Carvalho

O coronel-aviador da reserva Ricardo Wagner Roquetti foi exonerado do cargo de diretor de programas da Secretaria Executiva do Ministério de Educação. A demissão foi resolvida em reunião entre o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez (foto) e o presidente Jair Bolsonaro, ocorrida na manhã de domingo (10). Este é o mais recente capítulo de uma disputa que acontece nas entranhas do Ministério da Educação.

O coronel da Aeronáutica é o pivô dessa disputa que, que colocou, de um lado, o grupo de discípulos do filósofo e escritor Olavo de Carvalho, guru informal de Bolsonaro e que indicou o ministro da Educação; de outro, os militares e os técnicos que ocupam cargos comissionados no Ministério.
No final de semana, seguidores de Olavo de Carvalho acusaram o coronel Ricardo Roquetti de isolar o ministro Velez e de ser o responsável pelo afastamento deles. Por outro lado, funcionários do MEC disseram ao jornal O Estado de S. Paulo que os seguidores foram afastados por conta do episódio da carta enviada às escolas pelo ministro, com nítido viés ideológico-partidário e que repercutiu negativamente em todo o país.  Nesse sentido, a saída do coronel está sendo considerada uma compensação pelo afastamento dos seguidores de Olavo de Carvalho.

Olavo de Carvalho, por sua vez, postou texto no Twitter na quinta (07) orientando seus alunos a entregarem os cargos em todo o governo Federal, dizendo que o governo está repleto de “inimigos do presidente e do país”. Em palavras duras, o filósofo chama os adversários de “pústulas” e, segundo analistas, mira no vice presidente, o general Hamilton Mourão. O texto está sendo considerado uma resposta do filósofo ao afastamento de seus seguidores. “Jamais gostei da idéia de meus alunos ocuparem cargos no governo, mas, como eles se entusiasmaram com a ascensão do Bolsonaro e imaginaram que em determinados postos poderiam fazer algo de bom pelo país, achei cruel destruir essa ilusão num primeiro momento. Mas agora não posso calar mais. Todos os meus alunos que ocupam cargos no governo – umas poucas dezenas, creio eu – deveriam, no meu entender, abandona-los o mais cedo possível e voltar à sua vida de estudos. O presente governo está repleto de inimigos do presidente e inimigos do povo, e andar em companhia desses pústulas só bom para quem seja como eles”, escreveu literalmente Olavo de Carvalho no Twitter e também em sua página oficial no Facebook.

Durante a tarde do domingo (10) , integrantes do grupo de Olavo de Carvalho divulgaram nas redes sociais que Bolsonaro pediu ao ministro o afastamento do coronel-aviador da reserva Ricardo Roquetti. A Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) não se pronunciou sobre a exoneração do coronel/assessor. O afastamento, no entanto, foi confirmado pelo O Estado de S. Paulo, que reproduziu a postagem de Silvio Grimaldo, assessor afastado na sexta (08) que pertence ao grupo de seguidores de Olavo de Carvalho. “Com o tempo, a influência do coronel sobre Vélez aumentou, e ele acabou abandonando qualquer pretensão de ter uma função específica (…) Perambulava pelo gabinete como a eminência parda do ministro, dando ordens, tomando decisões, indicando amigos para os cargos que vagavam”, escreveu Grimaldo no Facebook.

Em sua conta no Twitter, o ministro Ricardo Velez postou, nesta segunda, uma mensagem de agradecimento aos trabalhos do coronel Roquetti. “Agradeço ao coronel Ricardo Wagner Roquetti pelo seu desempenho como assessor especial, com o decidido apoio à gestão e preservação da lisura na administração dos recursos públicos. Nossa meta prioritária permanece a Lava Jato do MEC”, postou Vélez Rodríguez, sem detalhar o que a chamada “Lava Jato do MEC” tem a ver com a saída do coronel aviador.

Com informações da Agência Estado. Fotos: Agência Brasil e reprodução do Twitter.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s