Final de semana terá chuva de meteoros, saiba como observar

Neste final de semana será o ponto máximo de uma chuva de meteoros chamada Eta Aquarídeos, que recebem esse nome por surgirem no céu de uma região onde está a estrela Eta da constelação de Aquário. Segundo especialistas, em condições ideais, poderão ser avistados até 50 meteoros por hora.

cambedefato.com / 02 de maio de 2019.

O próximo final de semana será muito interessante para quem gosta de observar o céu. Segundo o Gedal (Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina), na noite de sábado (4) para domingo (5), acontece um fenômeno chamado Eta Aquarídeos, uma chuva de meteoros que recebem esse nome por surgirem no céu de uma região onde está a estrela Eta da constelação de Aquário.

Os astrônomos definem meteoros como pequenas partículas de poeira cósmica que caem na atmosfera terrestre, a velocidades incríveis, fazendo com que o calor gerado pelo atrito com a  atmosfera acabe queimando o fragmento.

As chuvas de meteoros, por sua vez, ocorrem por que de tempos em tempos, o nosso planeta cruza com a órbita de alguns cometas, e essas órbitas podem estar repletas de fragmentos deixados por esses astros, durante suas passagens. Quando isso ocorre, podemos ter muitos meteoros em uma só noite, no fenômeno chamado de chuva de meteoros.

Outro dado interessante é a origem dos fragmentos de poeira cósmica que vão cair na atmosfera terrestre no próximo final de semana: o cometa Halley. A poeira que vai gerar a chuva de meteoros do próximo final de semana tem origem no cometa mais famoso de todos os tempos, que passou por aqui, pela última vez em 1986 e só deve voltar em 2061.

Como observar – O Gedal informa também que para observar uma chuva de meteoros não é necessário o uso de telescópios ou binóculos. O ideal é buscar um local o mais longe possível das luzes da cidade, e ficar bem acomodado, admirando o céu a olho nu, esperando as “estrelas cadentes”. Para a região de Londrina, a constelação de Aquário surgirá no horizonte Leste, por volta da 01h00 da madrugada de sábado (4) para domingo (5).  

Ainda segundo o grupo, em uma noite normal, podem ser avistados entre cinco e dez meteoros durante toda a noite. Mas, quando ocorre uma chuva de meteoros, esse número pode ser bem maior. Para este final de semana, o esperado é que possam ocorrer até 50 meteoros por hora.

Grupo de observação – Para acompanhar este fenômeno, o Gedal em parceria com o MCTL-UEL (Museu de Ciência e Tecnologia de Londrina) estará realizando um grupo de Observação Astronômica.

O grupo se concentrará na Praça Nishinomiya, em frente ao Aeroporto de Londrina, na noite de sábado, entre 22h30 e 23h00, quando sairão em caravana, rumo ao final da Estrada do Limoeiro, onde acompanharão o fenômeno. Para deixar a observação ainda mais interessante, telescópios estarão montados para a observação de Júpiter e Saturno.

O local escolhido fica no final da Estrada do Limoeiro, 12 km após o Tiro de Guerra. Trata-se de um ponto mais distante das luzes da cidade, que atrapalham a observação dos meteoros.

Mais informações podem ser obtidas com o Gedal pelo WhatsApp (43) 99962-9996. O Gedal adverte que, em caso de mau tempo, o evento poderá ser cancelado.

CDF com Gedal. Fotos: divulgação. 

#astronomia #meteoros #etaaquarideos #londrina #gedal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s