Três homens morrem em confronto com a PM após roubarem residência e levarem as vítimas como reféns

cambedefato.com / 07 de maio de 2019.

Na noite de segunda-feira (6) a Polícia Militar recebeu uma informação de que no Distrito de Taquaruna estava ocorrendo um roubo a residência. Diversos homens teriam invadido uma casa e feito os moradores de reféns.

Diversas viaturas se deslocaram  para o local do roubo já tendo conhecimento de que o carro dos criminosos seria um Fiat/Tempra vermelho.

No caminho uma viatura do choque se deparou com o veículo  suspeito. Segundo os PMs, foi dado voz e sinalização de abordagem, mas o veículo empreendeu fuga. Após um breve acompanhamento tático o veículo colidiu contra um anteparo na estrada e três homens desceram do carro atirando contra a viatura policial. Diante da injusta agressão os policiais revidaram os tiros a fim de neutralizar a ação criminosa e os três homens foram feridos. Ainda com sinais vitais os três homens foram socorridos pelas equipes do SIATE e SAMU mas não resistiram os ferimentos e morreram no local.

Estiveram no local o Instituto de Criminalística, o IML e a Polícia Civil.

Com os três criminosos foram apreendidos três revólveres e uma pistola. Dentro do carro estavam os diversos objetos roubados da residência. Um disparo efetuado pelos criminosos atingiu o retrovisor da viatura policial.

Outra viatura encontrou as vítimas apavoradas e abandonadas em uma estrada rural. As duas vítimas, um adolescente de 14 anos e um senhor de 66 anos de idade, esse portador de necessidade especial – cadeirante – disseram aos PMs que a todo tempo sofreram agressões e ameaças dos sequestradores e temeram pelo pior. Estas vítimas receberam a devida atenção e o encaminhamento necessário devido ao estado emocional em que se encontravam.

O veículo Tempra, os objetos recuperados e as armas foram encaminhadas à DP de Londrina.

Os homens não possuíam identificação mas são suspeitos, devido as características de ação, por terem feito diversos roubos na àrea rural de Londrina.

A Polícia Civil fica encarregada de apurar os crimes cometidos pelos criminosos e o 5° BPM instaura um inquérito policial militar para apurar a ocorrência policial militar.

As pessoas que foram vítimas de crimes semelhantes na àrea rural, posteriormente a identificação que será realizada no IML, devem procurar a Polícia Civil para tentar fazer o reconhecimento dos homens acusados do roubo.

CDF com texto do tenente Emerson Castro, da Comunicação Social do 5° BPM. Fotos: 5º. BPM.

#pmpr #5bpm #policiamilitar #londrina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s