Triatleta cambeense representa o Paraná na primeira prova nacional de Swimrun

cambedefato.com / 17 de maio de 2019.

O triatleta cambeense Izaias Vicente Borges (fotos) foi o único paranaense na prova Búzios Swinrun, primeira da categoria disputada no Brasil, em Búzios, no litoral norte do Rio de Janeiro. A prova, considerada de nível difícil nos esportes de resistência, teve mais 500 participantes, com a presença de atletas norte-americanos, suecos e australianos. Izaias terminou entre os 25 primeiros.

O Swimrun é um novo tipo de evento de resistência, caracterizado por alternar trechos de corrida com outros de natação, em um evento desafiador e que testa a resistência dos competidores.

A primeira prova da categoria no Brasil aconteceu no dia 30 de março e teve como palco o litoral de Armação de Búzios (RJ), onde a natureza exuberante escondeu os desafios em terrenos irregulares e poucos explorados em competições. A prova foi disputada em dois percursos, o primeiro com um total de 10 km (oito km de corrida e dois km de natação), e o segundo com 24 km, sendo 19,4 km de corrida e 4,6 km de natação. O detalhe é que os trechos de corrida e natação se alternavam, exigindo mais ainda dos atletas.

Como surgiu – O Swimrun surgiu em 2006 na Suécia e a nova modalidade resultou de uma aposta entre amigos, que abraçaram o desafio de correr ao longo das várias ilhas do Arquipélago de Estocolmo, nadando entre elas, numa distância total de 75 km, sendo que 10km são de natação em águas abertas.

O esporte envolve, portanto, múltiplas transições entre a natação em águas abertas e a corrida, habitualmente em trilhas, com a particularidade de os participantes não mudam de equipamento ao longo da prova, já que os trechos de natação e corrida se alternam diversas vezes.

Diferente do triatlo, no Swimrun os atletas participam de toda a prova com o mesmo traje, que pode ser um traje de neoprene (normalmente usado em provas de natação), adaptado especificamente para esta modalidade (é menos denso nos braços e nas pernas, permitindo uma melhor locomoção); também há a escolha por um traje trisuit (também usado no triatlo) e outra opção, mais viável no clima tropical brasileiro é o uso de calções e t-shirt de compressão, já que ao longo do ano a temperatura da água e do ar convida à prática desta modalidade. Outra grande diferença do triatlo, é que a natação é realizada sempre com os tênis calçados, e com todo um equipamento de segurança, o que aumenta o grau de dificuldade destes eventos. Apesar de ser recente, o Swimrun tem registrado um enorme crescimento e adesão em todo o mundo.

Único paranaense na prova – Embora muito experiente no triatlo, Izaias Borges fala da dificuldade de encarar o desafio do Swinrun. “São provas de alto nível, e o atleta tem que ter um nível absurdo de resistência”, diz. “Eu tive que me preparar durante 30 dias, nadando em uma lagoa de 400 metros apenas, para, na prova, encarar o mar do Rio de Janeiro com ondas de 1,5 metro até 2 metros conta o triatleta, que confidencia que o “o mar, naquele dia, estava virado”.

O triatleta cambeense avalia que o resultado foi muito animador. ”Foi uma prova muito difícil, e na classificação está lá o nome da cidade. Tenho muito orgulho de representar Cambé e a região de Londrina. Fui o único atleta do Paraná a disputar a prova e só posso agradecer a todos que me apoiaram, especialmente ao meu grupo de apoiadores”, afirma Izaias.

Agenda cheia – Izaias Borges informa que tem disputado diversas provas e seu calendário de competições incluem uma prova de duathlon, dia 06 de junho em Marília (SP) e no dia 09 de junho outra prova no interior de São Paulo, desta vez uma prova de trilha com 1.800 metros de altimetria (elevação) em Cajamar, cidade próxima à São Paulo. “Essa é praticamente uma corrida em morros. É jogo duro, uma corrida para doido”, brinca Borges, que também já confirmou presença na meia maratona de Florianópolis, dia 23 de junho. “Em Floripa são 21 km, e vamos lá para ficar entre os dez primeiros”, diz, o animado triatleta cambeense.

Apoiadores – Izaias Borges conta com uma rede de apoiadores, entre eles o Studio Carpe Diem (Av. Pres. Castelo Branco, 554 – fone 3354 4666 – Londrina – Instagram@studiocarpediem), onde o triatleta faz toda sua preparação de fortalecimento para encarar os desafios das competições. No Carpe Diem, Izaias conta com a dedicação dos treinadores Ricardo e Débora Monson. Também apóiam o atleta a loja de artigos esportivos Smart Run By Salomon (Av. Madre Leônia Milito, 660 –fone 3323 3700- Londrina – Instagram@smartrun); a K2 Foto Esporte, empresa de Fred Santiago especializada na cobertura de eventos esportivos (fone 99102 7546) e a Ciclo Si Bikes (R. Quintino Bocaiúva, 1173- 3323 7301- Londrina – Instagram@ciclosibik), loja especializada em todas as marcas de bikes e acessórios.

Redação CDF. Fotos: Divulgação.

#swimrun #izaiasborges #triatleta #cambe

3 comentários sobre “Triatleta cambeense representa o Paraná na primeira prova nacional de Swimrun

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s