Zé do Carmo anuncia que não vai mais disputar eleições; atual prefeito diz que não vai tentar reeleição em outubro

cambedefato.com / 05 de janeiro de 2020.

O prefeito de Cambé José do Carmo Garcia não vai disputar a reeleição em 2020. O atual prefeito tem esse direito e poderia disputar um quinto mandato à frente da Prefeitura de Cambé. No entanto, Zé do Carmo anunciou, primeiramente em entrevista ao jornal Folha de Londrina, que não vai concorrer em 2020. Questionado pelo Cambé de Fato, José do Carmo confirmou que não será candidato à reeleição e que não vai mais disputar eleições, terminando sua carreira eleitoral com o fim de seu quarto mandato de prefeito de Cambé, em 31 de dezembro de 2020.

“Entre idas e vindas, estou aqui. Foi um trabalho dedicado à sociedade, estou realizado, e me honro de servir à população, mas agora tenho outro sonho. Quero trabalhar na formação de novos líderes”, declarou Zé do Carmo ao repórter Pedro Moraes, da Folha de Londrina. A reportagem foi publicada na edição deste domingo (05).

Com o atual prefeito e também o ex-prefeito João Pavinato (que já declarou publicamente que não será candidato) fora do páreo, a eleição municipal deste ano não terá na disputa um prefeito ou ex-prefeito, situação que só aconteceu em Cambé em 1982 e 2004. Este cenário foi antecipado pelo Cambé de Fato na matéria Cambé pode ter oito candidatos a prefeito em 2020, publicada em 04 de outubro de 2019 (leia a matéria clicando aqui).

Oito pré-candidato(a)s a prefeito(a) de Cambé

Faltando nove meses para a eleição municipal, a disputa pela Prefeitura de Cambé neste ano de 2020 pode chegar até oito candidatos. Em ordem alfabética invertida*, são pré-candidatos: Professor Rômulo Yanke (Cidadania), Paulo Soares (PL ou Republicanos), Jorge Teodoro (MDB), Gabriel Cândido (PTB), Estela Camata (PSD), Conrado Scheller (DEM), Benê Filho (Podemos) e Audecir Alexandrino (PDT). O Cambé de Fato entrou em contato com os oito pré-candidatos e sete confirmaram que serão candidato(a)s a prefeito(a) em 2020. Um pré-candidato depende de decisão partidária. Acompanhe as respostas.

O ex-vereador Professor Rômulo Yanke afirma que será candidato a prefeito de Cambé pelo Cidadania (23). “Sou atualmente pré-candidato a prefeito e serei candidato a prefeito de Cambé no pleito de 04 outubro de 2020 em qualquer circunstância ou cenário eleitoral. Estamos trabalhando firmes para isso e percebo cada vez mais a aceitação da comunidade”, declara Rômulo.

O atual vereador Paulo Soares vai no mesmo caminho, estando em dúvida ainda sobre qual partido disputará a eleição, se pelo PL (22) ou pelo Republicanos (10). “Nossa pré-candidatura está consolidada, temos um bom quadro de pré-candidatos a vereadores e estamos discutindo a cidade, vamos pra disputa. O partido será definido na janela eleitoral, em março”, diz Paulo.

O líder sindical Jorge Teodoro também confirma sua pré-candidatura a prefeito de Cambé pelo MDB (15). “Sou pré-candidato a prefeito nas eleições de 04 de Outubro 2020. Na propositura de um projeto inovador e ousado iremos até o fim com a candidatura ao executivo”, afirma Jorge.

Por sua vez, a ex-vereadora Estela Camata (PSD-55) diz que nada pode tirá-la da disputa. “Serei candidata a prefeita em 04 de outubro de 2020 e nenhuma circunstância pode me tirar da disputa”, pontua Estela.

O atual vice-prefeito Conrado Scheller (DEM-25) reafirma sua candidatura à Prefeitura de Cambé em 04 de outubro próximo. “Sou pré-candidato prefeito pelo Democratas em qualquer circunstância”, diz Conrado.

O jornalista Benê Filho (Podemos-19) também mantém sua candidatura à Prefeitura. “Sou pré-candidato a prefeito e estou firme com o propósito de ser candidato. Falta agora ter a definição de um vice” afirma Benê.

O atual secretário municipal de Assuntos Comunitários Audecir Alexandrino (PDT-12) confirma que será candidato a prefeito em 04 de outubro. “Sou candidato sim, pelo PDT”, declara Alexandrino.

Por sua vez, o atual secretário de Fazenda, Gabriel Cândido, afirma que seu partido (PTB-14) continua discutindo o lançamento de candidato próprio a prefeito em 2020 e que seu nome é uma opção, mas que essa possibilidade depende do cenário político e de decisão partidária. “Nosso nome surge como uma opção de pré-candidatura no PTB. Estamos mantendo conversas constantes com a população, assim como dentro do partido. Junto com os correligionários, estamos mantendo contato também com representantes de outras legendas partidárias, analisando os cenários e estudando o que é melhor para Cambé”, diz Gabriel, que completa: “estamos em constante análise visando alcançar o melhor para a nossa cidade acima de qualquer interesse ou desejo pessoal”.

*NOTA DA REDAÇÃO: Na matéria anterior (04 de outubro de 2019), o Cambé de Fato utilizou a ordem alfabética para listar os pré-candidatos a prefeito. Para manter isenção, nesta matéria utilizamos a ordem alfabética invertida, para que os nomes que ficaram no final da lista, na matéria de outubro de 2019, sejam colocados agora no início da lista. A cada nova matéria tratando do assunto vamos utilizar as duas ordens, alternadamente.

Redação CDF com informações da Folha de Londrina. Fotos: Arquivo CDF e acervo dos pré-candidatos.

#cambedefato #zedocarmo #josedocarmogarcia #prefeituradecambe #eleicoes2020 #cambe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s