Copel alerta para os perigos de soltar pipas perto da rede elétrica; confira como fazer em segurança

cambedefato.com / 17 de janeiro de 2020.

No período de férias as crianças aproveitam o tempo livre também fora de casa e uma das brincadeiras mais populares é soltar pipas. A Copel alerta que o divertimento pode causar acidentes graves e desligamentos na rede elétrica, se não forem observados os cuidados com a segurança.

Em 2019, a companhia registrou 5.248 interrupções no fornecimento de energia provocadas pelo contato de pipas e outros objetos com a rede elétrica, número que subiu frente ao ano anterior, quando houve 5.053 ocorrências pelo mesmo motivo. No ano passado também foi registrado um acidente por choque elétrico relacionado à brincadeira com pipas.

Para evitar que situações como esta se repitam, todos os anos a Copel visita escolas para levar palestras a estudantes de ensino fundamental sobre os cuidados que se deve ter com a energia elétrica. Ano passado, 67,2 mil alunos receberam as orientações do programa de palestras intitulado Copel Iluminando Gerações. O recado também chega a feiras e eventos nas comunidades e também por meio do teatro educativo Histórias Eletrizantes.

CUIDADOS – Procurar por um local afastado da rede elétrica é a primeira dica para quem quer soltar pipa em segurança. A conversa com as crianças enfatiza ainda se o brinquedo enroscar nos fios, jamais se deve tentar retirá-lo. O gerente de Segurança do Trabalho da Copel, Alessandro Maffei da Rosa, ressalta que o uso de cerol ou materiais metálicos potencializam o risco de choque e, por isso, nunca devem ser utilizados na confecção do brinquedo.

Confira as 10 dicas de como soltar pipa com segurança e não correr riscos

1.      Empine pipas longe de rede elétrica, em locais livres onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular. Isso evita acidentes e interferências na qualidade desses serviços;

2.      Dê preferência a espaços abertos como praças, parques e campos de futebol para usar o brinquedo. Evite também soltar pipas em canteiros centrais de ruas, avenidas, rodovias ou qualquer lugar onde exista fluxo de veículos;

3.      Evite a utilização de “rabiolas”, pois elas agarram nos fios elétricos, desligando o sistema e provocando choques, muitas vezes fatais;

4.      Linhas metálicas não devem ser usadas no lugar da linha comum. Nunca use cerol ou a linha “chilena”, elas são proibidas;

5.      Não utilize papel alumínio na confecção da pipa. É perigoso pois este material, em contato com os fios, provoca curtos-circuitos;

6.      Caso a pipa enrosque nos fios, abandone o brinquedo. Tentar recuperá-lo representa sério risco, assim como tentar remover a pipa com canos ou bambus;

7.      Não é indicado soltar pipas na chuva. Ela funciona como para-raios, conduzindo energia;

8.      Não é indicado subir nas lajes das casas para empinar pipa, qualquer distração pode causar uma queda;

9.      Tenha cuidado com ciclistas e motociclistas, pois as linhas não podem ser vistas e linhas de cerol ou reforçadas podem causar graves acidentes;

10.   É aconselhável ter sempre um adulto responsável acompanhando as crianças no momento da brincadeira.

CDF com ANPr. Fotos: Daniela Catisti

#cambedefato #pipas #redeeletrica #copel #parana #ferias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s